Campanha abolicionista no Recife : eleições de 1884, discursos de Joaquim Nabuco. Nabuco, Joaquim, 1849-1910.

Autor: Nabuco, Joaquim, 1849-1910

Título: Campanha abolicionista no Recife : eleições de 1884, discursos de Joaquim Nabuco

Local de Publicação: Rio de Janeiro : Typ. de G. Leuzinger & Filhos

Ano de Publicação: 1885

Descrição Física: xv, 205 p.

Idioma: Português

Descrição: Abaixo do título: Propriedade da Comissão Central Emancipadora

Resumo: Voltando da Inglaterra em 1884, Nabuco encontrou a campanha abolicionista efervescente. O liberal Manuel de Souza Dantas chegara à chefia de gabinete, propondo libertação dos escravos com mais de 60 anos. Nabuco saiu então candidato a deputado pelo 1º. Distrito do Recife, em apoio ao gabinete e sustentado pelo movimento abolicionista. Fez memorável campanha eleitoral, visitando eleitores de casa em casa e pôs em uso os “meetings”, isto é, comícios em praça pública, que vira na Inglaterra. Em meio a sucesso de público e resistência conservadora, defendeu abolição imediata e reforma agrária, e ampla agenda modernizadora. Constam desse volume 12 das conferências que Nabuco fez em teatros e em praça pública, em suas célebres campanhas eleitorais de 1884 e 1885, no Recife, publicadas de pronto pela Comissão Central Emancipadora e prefaciadas por um dos líderes da campanha no Recife, o positivista Aníbal Falcão. (Texto elaborado pela Profa. Dra. Angela Alonso)

Direitos: Domínio público

Assunto:
Nabuco, Joaquim, 1849-1910 - Discursos
Política e governo - Séc. XIX - Brasil
Escravidão - Séc. XIX - Brasil
Abolicionismo - Séc. XIX - Brasil

Assunto:
Nabuco, Joaquim, 1849-1910 - Addresses, essays, conferences
Brazil - Politics and government - 19th century
Slavery - Brazil - 19th century
Antislavery movements - Brazil

URI: http://brasiliana.usp.br/handle/1918/01205000

Tipo: Livro

Livro
Modos de visualização:
Navegação:
Ir à página:
       

Corisco A Plataforma Corisco foi desenvolvida pelo projeto "Por uma Biblioteca Brasiliana Digital" (Fapesp, 2008-2010).

PRCEU USP FAPESP BNDES